Wi‑Fi lento: o que pode ser e como resolver?

A velocidade do seu Wi-Fi diminuiu? Destacamos alguns motivos para isso e algumas dicas sobre como melhorar a velocidade de sua rede.

A velocidade do seu Wi-Fi diminuiu? Destacamos alguns motivos para isso e algumas dicas sobre como melhorar a velocidade de sua rede.

A velocidade do seu Wi-Fi diminuiu? Destacamos alguns motivos para isso e algumas dicas sobre como melhorar a velocidade da rede.

A conectividade sem fio à Internet é uma maravilha da era moderna. Existem poucos protocolos tecnológicos mais onipresentes que o Wi-Fi, o meio pelo qual os sinais de rádio enviados por nosso roteador se conectam aos dispositivos que usamos em uma casa inteligente. Anteriormente, os roteadores eram usados para fornecer Internet a um ou dois laptops, PCs e celulares.

Hoje, no entanto, o número de dispositivos IoT (Internet das coisas) em uma casa que precisam de conectividade com a Internet sem fio é bem maior. Desde smart TVs até câmeras de segurança domésticas, passando por campainhas inteligentes e assistentes digitais. Todos precisam de conectividade, e alguns podem exigir altas velocidades de conexão para que possam funcionar corretamente.

Infelizmente, por diversas razões, isto nem sempre é possível. Mas diagnosticar o problema é o primeiro passo para resolvê-lo.

No centro da casa (inteligente)

Pesquisas mostram que, nos Estados Unidos, uma família mediana usa pelo menos 10 dispositivos inteligentes, que desempenham um papel cada vez mais importante em nossas vidas. Como muitos de nós passamos a trabalhar regularmente de casa, também é vital que tenhamos boa conectividade sem fio para nossos laptops e PCs. Onde antes todos os membros de uma casa passavam oito horas no trabalho, hoje pode haver duas ou mais pessoas em casa conectadas via Wi-Fi ao longo do dia. A boa conectividade é essencial para o trabalho e influencia nossa produtividade. As videoconferências, por exemplo, exigem muita banda larga.

Entretanto, os sinais de rádio Wi-Fi podem ser bloqueados, entre outras coisas, por paredes e outros objetos ou podem ser interceptados por vizinhos. Há também muitos outros fatores que podem ser responsáveis por uma conexão lenta à Internet, mesmo que o próprio Wi-Fi funcione como pretendido. Portanto, o primeiro passo deve ser descobrir a velocidade fornecida pela operadora que disponibiliza o serviço. Em seguida, verifique o desempenho atual do Wi-Fi com um teste de velocidade.

Se houver uma disparidade significativa entre os dois números, é hora de descobrir o motivo.

O que há de errado com meu Wi-Fi?

Algumas das principais causas da velocidade lenta da Internet via Wi-Fi são:

Posição do roteador: pode estar muito distante de seu dispositivo ou bloqueado por obstáculos físicos, o que significa que os sinais sem fio podem não estar sendo transmitidos adequadamente. Normalmente, esta é a causa mais comum do mau funcionamento de uma rede Wi-Fi.

Tempo de uso do roteador: o dispositivo pode precisar de uma atualização e/ou estar executando um firmware obsoleto que também pode afetar o desempenho.

Número de dispositivos: a rede doméstica pode estar sobrecarregada pelo número de dispositivos que tentam se conectar ao mesmo tempo.

Aplicativos que consomem bastante banda larga: se algum destes dispositivos estiver executando aplicativos que consome bastante banda larga, como software de videogames, haverá menos para o resto da família, resultando em latência.

Canais e bandas de frequência Wi-Fi: os sinais sem fio operam em diferentes canais e bandas de frequência. Se seus vizinhos estiverem sintonizados no mesmo canal de sua casa, a capacidade da  frequência pode acabar sendo excedida em sua área. Se o seu roteador não fizer isso automaticamente, tente mudar para reduzir a interferência do sinal. A faixa de frequência de 5 GHz oferece mais canais Wi-Fi para escolher do que o espectro de 2,4 GHz. A cobertura pode ser melhor com a primeira, mas a velocidade será melhor no último espectro.

Limitação do fornecedor: alguns fornecedores de serviços podem restringir a velocidade da Internet dos clientes caso eles excedam o uso de dados ou se houver congestionamento excessivo na rede.

Ladrões de Wi-Fi: não são apenas os vizinhos inocentes que podem ser a causa da velocidade lenta da Internet em sua casa. Às vezes, eles podem tentar descobrir a senha da rede Wi-Fi de sua casa para acessar a Internet de graça.

  • VPNs: ajudam a melhorar a privacidade on-line, mas também podem retardar sua conexão à Internet, acrescentando etapas extras entre seu dispositivo e a Internet.
  • Malwares: se os dispositivos foram comprometidos com algum código malicioso, eles podem estar rodando em segundo plano, comunicando-se com outras máquinas pela Internet e usando memória – tudo isso pode afetar o desempenho da rede.

O que fazer para resolver este problema?

Há várias ações bastante simples que você pode fazer para melhorar a lentidão do seu Wi-Fi. Pode valer a pena experimentá-los um a um para ver se têm impacto na velocidade da Internet:

  • Coloque o roteador em um local acessível no centro da casa;
  • Mude sua banda de frequência ou canal Wi-Fi caso o canal atual esteja sobrecarregado com conexões;
  • Verifique a possibilidade de investir em uma rede mesh para seu Wi-Fi que impulsione o sinal para áreas remotas da casa;
  • Reinicie o roteador e/ou instale qualquer nova atualização de firmware disponível (isso deve ser feito regularmente);
  • Verifique a possibilidade de substituir seu roteador atual por um novo;
  • Verifique a possibilidade de trocar de fornecedor ou atualize o pacote de banda larga adquirido;
  • Verifique quantos dispositivos estão funcionando na rede doméstica e desconecte aqueles que não estão sendo usados;
  • Desative os aplicativos e tarefas que requerem muita banda larga e que possam estar sendo executados em segundo plano;
  • Use senhas fortes e únicas para acessar o administrador do roteador;
  • Altere a configuração de energia do Windows para “alto desempenho”;
  • Caso use uma VPN, considere a possibilidade de atualizar a sua VPN para uma versão mais recente.

Mantenha-se protegido!

Como mencionamos anteriormente, algum malware pode estar sendo executado de maneira secreta em seu PC/dispositivos e, consequentemente, estar monopolizando a banda larga e o poder computacional de seus dispositivos, comprometendo o desempenho da rede Wi-Fi. Minimize o risco de que isso aconteça tomando as seguintes ações:

  • Altere a senha padrão de fábrica em todos os dispositivos;
  • Crie uma senha longa, forte e única para a sua rede Wi-Fi;
  • Use um software de segurança de um fornecedor confiável para proteger seus dispositivos e laptops;
  • Use uma VPN para se conectar;
  • Mantenha os dispositivos, incluindo o roteador, atualizados com o firmware mais recente;
  • Verifique se a criptografia de rede está ativada (preferencialmente WPA2 ou WPA3);
  • Descobrir a principal causa de seu Wi-Fi estar lento pode ser um trabalho de teste e erro. Esperamos que esta lista de verificação possa te ajudar nesta tarefa.

Cadastre-se para receber por e-mail todas as atualizações sobre novos artigos que publicamos em nossa seção referente à Crise na Ucrânia.

Newsletter

Discussão