Site da Biblioteca Nacional sofre ataque de ransomware

Após o incidente, o órgão optou por desligar todos os servidores para mitigar possíveis problemas e evitar novos ataques.

Após o incidente, o órgão optou por desligar todos os servidores para mitigar possíveis problemas e evitar novos ataques.

Depois dos incidentes de segurança envolvendo o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) em novembro do ano passado, o site da Biblioteca Nacional (BN), órgão ligado à Secretaria da Cultura, foi vítima de um ataque de ransomware no último dia 11 e até o momento está fora do ar. Em uma publicação no Twitter, a BN explica que o site está passando por problemas técnicos e que seus servidores tiveram que ser desligados.

Após o incidente, o site da BN voltou ao ar, mas acabou sendo novamente atacado. Até o momento, a página continua fora do ar e sem previsão de retorno. Segundo notícia produzida pelo jornal Folha de São Paulo, a BN optou por desligar todos os servidores para amenizar possíveis problemas que poderiam ser ocasionados pelo incidente e evitar novos ataques.

Ainda segundo o jornal, a medida de suspensão dos servidores fez com que fosse possível escanear os acervos para avaliar os danos, reforçar sua segurança e implantar novas proteções. O órgão também informou ao jornal que poucos documentos foram atingidos pelo incidente e que provavelmente tudo seja recuperado.

Devido a pandemia, o acervo virtual da biblioteca estava sendo a única forma de acesso ao conteúdo do órgão, que apenas neste ano teve mais de 26 milhões de visitas. O problema prejudica principalmente a pesquisadores.

A BN notificou o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República para apurar mais informações sobre o ataque aos servidores do governo federal.

Newsletter

Discussão