STJ sofre ataque cibernético e suspende prazos processuais | WeLiveSecurity

STJ sofre ataque cibernético e suspende prazos processuais

O incidente fez com que a Corte tivesse que suspender, entre outras atividades, todas as sessões de julgamento por videoconferência. Até o momento, o site do STJ está fora do ar.

O incidente fez com que a Corte tivesse que suspender, entre outras atividades, todas as sessões de julgamento por videoconferência. Até o momento, o site do STJ está fora do ar.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) informou através de um comunicado que sofreu um ataque cibernético durante a tarde da última terça-feira (03). O incidente fez com que a Corte tivesse que suspender todas as sessões de julgamento por videoconferência e as sessões virtuais destinadas à apreciação de recursos internos, bem como as audiências. Até o momento, o site do STJ está fora do ar.

Em nota oficial, o presidente do STJ, ministro Humberto Martins, destacou que a presidência do tribunal já acionou a Polícia Federal para a investigação do ataque e que, por precaução, os prazos processuais seguem suspensos até a próxima segunda-feira (9). Além disso, “a Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STI) está trabalhando na recuperação dos sistemas dos serviços oferecidos pela Corte”, destacou Humberto.

Aviso apresentado ao acessar o site do STJ.

A área Técnica do STJ também recomendou que “usuários — ministros, servidores, estagiários e terceirizados — que não utilizem computadores, ainda que os pessoais, que estejam conectados com algum dos sistemas informatizados da Corte, até que seja garantida a segurança do procedimento”, informou a nota emitida pelo presidente do STJ.

De acordo com uma notícia publicada pelo G1, a Rede Globo teve acesso a um relatório técnico que destaca que o incidente foi provocado por uma falha presente no acesso ao ambiente virtual onde estão hospedados quase todos os sistemas do Tribunal. Segundo a emissora, o relatório também aponta que houveram novas tentativas de ataque.

Veja também: Órgãos governamentais: um alvo frequente de ataques de ransomware

Newsletter

Discussão