Internet segura: uma responsabilidade compartilhada | WeLiveSecurity

Internet segura: uma responsabilidade compartilhada

Em comemoração ao Dia Internacional da Internet Segura, que é celebrado hoje (09), destacamos a importância de promover e implementar boas práticas de segurança em nosso dia a dia.

Em comemoração ao Dia Internacional da Internet Segura, que é celebrado hoje (09), destacamos a importância de promover e implementar boas práticas de segurança em nosso dia a dia.

Não é uma novidade que o impacto da Internet em nosso dia a dia aumentou e foi acelerado pela pandemia provocada pela Covid-19. Para entender essa afirmação, basta tentar enumerar as atividades que se tornaram rotineiras durante o isolamento social, como as aulas a distância, o teletrabalho ou as atividades de entretenimento, entre outras. Porém, além dos diversos benefícios e oportunidades que a Internet representa, ela também tem seus riscos, e assim como pode proporcionar satisfações que motivam o constante desenvolvimento da tecnologia, também pode causar muitas dores de cabeça. Claro, tudo depende da forma como usamos a Internet, já que as consequências de seu uso dependerão das práticas e do comportamento dos usuários.

Nesse sentido, e considerando que a Internet representa um pilar fundamental nas sociedades atuais, é importante falar sobre as normas de convivência, o papel e a responsabilidade que os usuários têm para torná-la cada vez mais um ambiente agradável e seguro – algo que certamente beneficiará a todos.

Aproveitando o fato de que hoje (09) se comemora o Dia Internacional da Internet Segura, uma data que busca promover o uso “responsável, seguro, crítico e criativo” da tecnologia, é uma boa oportunidade para lembrar o valor das boas práticas e as chamadas “netiquetas” – termo que surgiu diante da necessidade de lidar no mundo digital com as diferentes formas de comunicação entre as pessoas.

Pequenas ações, grandes mudanças

O conceito de netiqueta é usado para se referir a um conjunto de regras ou diretrizes de comportamento ao usar e interagir por meio de um serviço de Internet, como fóruns, blogs, jogos on-line, redes sociais ou e-mail. Em outras palavras, trata-se de transferir as normas da educação do ambiente físico para o digital.

Quando falamos em boas práticas de convivência como cidadãos digitais, não nos referimos apenas aos aspectos comunicacionais, mas também aos relacionados com a segurança. Práticas que podem ajudar a evitar colocar outros usuários em risco. Por exemplo, quando um usuário quebra uma corrente com informações falsas ou conteúdo que pode ser ofensivo para outros usuários.

Dito isso, além de evitar o compartilhamento de conteúdo impróprio, é importante que o usuário tenha em conta que também pode denunciar um usuário ou conteúdo para que seja removido e, dessa forma, evitar que chegue a mais usuários. Em um sentido mais amplo, os usuários também podem estar envolvidos para gerar e garantir maior consciência entre as pessoas que conhecemos.

Os resultados podem ser diversos, mas é fato que, como no plano físico, as ações individuais, por menores que sejam, contam e contribuem para fazer da Internet um espaço no qual se promova mais atitudes positivas, valores, ações responsáveis ​​e em geral, a cordialidade e o respeito que gostaríamos de receber dos outros.

Educação, boas práticas e tecnologias

Embora respeitar as regras de comportamento na Internet seja essencial para atingir o objetivo de criar um espaço mais amigável, a segurança na Internet requer outros elementos, como a aplicação de boas práticas de segurança no uso da tecnologia e, claro, a educação dos usuários para que possam estar mais e, principalmente, melhor informados.

Alerte aos seus contatos sobre algum boato que esteja circulando, analise as configurações de privacidade e segurança de suas contas, evite compartilhar informações pessoais com estranhos ou informações de terceiros sem autorização, bem como compartilhar arquivos sem primeiro verificar se está seguro, essas são apenas algumas das recomendações para tornar a Internet um espaço mais seguro. Principalmente nestes tempos em que passamos mais tempo conectados e em que a circulação de fake news e golpes se tornou algo bem cada vez mais comum.

Em conjunto com tudo que falamos anteriormente, não esquecer a importância do uso de tecnologias de segurança que atualmente são fundamentais devido à quantidade, complexidade e diversidade das ameaças digitais que se propagam pela Internet. Juntas, essas ações nos permitirão usar a tecnologia de forma cada vez mais consciente, responsável e, claro, segura.

A ESET se une à celebração do Dia Internacional da Internet Segura com o objetivo de criar um espaço digital cada vez mais protegido e, dessa forma, aproveitar a tecnologia com muito mais segurança.

Veja também:

Newsletter

Discussão