Google lança site com dicas sobre a LGPD para pequenas empresas | WeLiveSecurity

Google lança site com dicas sobre a LGPD para pequenas empresas

O Google e a Proteste criaram um site para ajudar pequenos e médios empreendedores a se ajustarem a nova legislação.

O Google e a Proteste criaram um site para ajudar pequenos e médios empreendedores a se ajustarem a nova legislação.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor em setembro deste ano. O problema é que data oficial de sanção da lei, que estava sendo discutida há meses, pegou empreendedores e consumidores de surpresa. Nesse contexto, o Google Brasil se aliou à Proteste, maior associação de consumidores da América Latina, e criou um site voltado para pequenos e médios empreendedores com o objetivo de explicar de forma simples o que muda com a LGPD.

O site, chamado LGPD para PME, explica informações relevantes e principais conceitos sobre a lei através de ferramentas interativas como: um teste de aplicação, que ajuda a saber quais medidas devem ser aplicadas de acordo com o negócio; uma cartilha educativa, com boas práticas para criar um ambiente de segurança e manter a proteção dos dados; e um jogo sobre a LGPD, que pode ser usado para testar o conhecimento dos funcionários de uma empresa em relação a lei.

Veja também: 8 ferramentas de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

De acordo com uma pesquisa realizada com mais de 400 empresas com atuação no Brasil entre junho e julho deste ano, 64% das organizações não estão em conformidade com a LGPD. O levantamento foi feito pela Akamai Technologies, empresa americana de serviços e performance de tráfego global na internet. Apesar das regras para a legislação já terem entrado em vigor, as punições previstas, que podem chegar a até R$ 50 milhões para quem violar a LGPD, só poderão ser aplicadas a partir de agosto de 2021.

A LGPD foi inspirada no Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR) e estabelece regras para uso, proteção e transparência de informações pessoais no Brasil por parte das empresas.

Veja também: Lei Geral de Proteção de Dados: observar os dados pode ser uma boa forma de iniciar a adequação

Newsletter

Discussão