Ransomware WastedLocker interrompe serviços da Garmin | WeLiveSecurity

Ransomware WastedLocker interrompe serviços da Garmin

Fontes ligadas à investigação sobre o incidente que causou a interrupção dos serviços da Garmin confirmaram que se trata de um ataque do ransomware WastedLocker.

Fontes ligadas à investigação sobre o incidente que causou a interrupção dos serviços da Garmin confirmaram que se trata de um ataque do ransomware WastedLocker.

O fabricante de dispositivos portáteis e relógios inteligentes Garmin sofreu a interrupção de vários serviços, incluindo call centers, aplicativos e dispositivos portáteis, desde a última semana. Como alguns meios de comunicação explicaram, especulou-se que a empresa havia sido vítima de um ataque de ransomware, embora a Garmin não tenha confirmado que esse seria o caso. No entanto, o BleepingComputer confirmou através de uma fonte vinculada à resposta ao incidente que a Garmin realmente sofreu um ataque do ransomware WastedLocker.

No Twitter, a Garmin relatou a interrupção do aplicativo de fitness Garmin Connect, além do site, que afeta seus call centers, impedindo, entre outras coisas, o recebimento de chamadas, e-mails e chats on-line.

No caso do serviço Garmin Connect, o mesmo permite que aqueles que usam dispositivos do fabricante monitorem e analisem diferentes indicadores relacionados à atividade física e à saúde do usuário, mas outros produtos Garmin, como o flyGarmin, que permite aos usuários comprar e instalar bancos de dados de aviação também foi afetada por essa interrupção, assim como o aplicativo Garmin Pilot, usado para programar e planejar voos.

Como o BleepingComputer explicou, desde o início do problema que causou a interrupção do serviço, vários colaboradores da empresa publicaram detalhes do incidente nas redes sociais, referindo-se ao caso como um ataque de ransomware, algo que já foi confirmado na última semana.

Segundo o relatório, a Evil Corp é o grupo de criminosos cibernéticos que opera o ransomware WastedLocker, que usou essa ameaça em ataques direcionados a diferentes empresas. De fato, no mês passado, foram bloqueados dezenas de ataques desse ransomware contra grandes empresas nos Estados Unidos.

Newsletter

Discussão