Netiqueta da segurança: confira o manual do bom comportamento nas redes sociais

Netiqueta da segurança: confira o manual do bom comportamento nas redes sociais

Criamos a netiqueta da segurança: uma série de regras de convivência que todo usuário deve cumprir para se proteger e evitar colocar os seus contatos em perigo.

Criamos a netiqueta da segurança: uma série de regras de convivência que todo usuário deve cumprir para se proteger e evitar colocar os seus contatos em perigo.

Hoje, 30 de junho, é celebrado o Social Media Day (ou Dia das Redes Sociais) criado pelo site Mashable em 2010. Para comemorar a data, decidimos projetar nossa própria versão da netiqueta, ou seja, o conjunto de normas de comportamento geral na Internet.

O conceito original combina “net” e “etiquette”(“etiqueta” em francês), o qual derivou na versão em português “netiqueta”. Basicamente consiste no protocolo que deve ser utilizado em todo contato pelos meios eletrônicos, com o intuito de contribuir para uma boa convivência e combater a fraude, o spam, o cyberbulling e outros comportamentos que não são apropriados no mundo online.

Na prática, se todos aplicarmos esse código de convivência, a experiência cibernética de comunicação e interação será mais agradável, respeituosa e segura.

No entanto, cada espaço na rede tem sua própria netiqueta: blogs, fóruns, salas de bate papo, mensagens instantâneas, email e, principalmente, as redes sociais possuem suas próprias regras. Contudo, em todos os casos permanece uma premissa: “Lembre-se que do outro lado do monitor existe uma pessoa real”.

Portanto, devemos agir de forma respeituosa assim como fazemos na vida física. Se você não diria algo cara a cara para uma outra pessoa, não use a rede fazer isso.

E se passamos tudo isso para o plano da segurança, nos deparamos com uma série de regras de convivência básicas que todo usuário deve cumprir para se proteger e evitar colocar os seus contatos em perigo. Por exemplo, identificar sites e notícias falsas e não propagá-las, não compartilhar correntes incômodas ou prejudiciais (como esse aviso de privacidade no Facebook), e não alimentar rumores ou publicações agressivas, entre outras coisas.

Falando em redes sociais, aproveitando esse Social Media Day, definimos as atitudes aprovadas e desaprovadas em nossa própria netiqueta da segurança. Veja:

Você costuma seguir esses comportamentos aprovados? Se não, seria interessante rever as suas atitudes na rede a partir de agora para que a sua experiência nas redes sociais seja mais prazerosa e, dessa forma, poder ajudar aos seus contatos a estarem mais seguros.

Discussão