Confira uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt

Confira uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt

Você já foi infectado por uma das novas variantes (v3 o v4) do conhecido ransomware TeslaCrypt? Se seus arquivos criptografados possuíam as extensões .xxx, .ttt, .micro, .mp3 ou não tiveram mudanças, a ESET tem boas notícias: temos uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt. Esse malware, que se diferencia por criptografar também arquivos de videogames. Em

Você já foi infectado por uma das novas variantes (v3 o v4) do conhecido ransomware TeslaCrypt? Se seus arquivos criptografados possuíam as extensões .xxx, .ttt, .micro, .mp3 ou não tiveram mudanças, a ESET tem boas notícias: temos uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt. Esse malware, que se diferencia por criptografar também arquivos de videogames. Em

ESET lança uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt_1

Você já foi infectado por uma das novas variantes (v3 o v4) do conhecido ransomware TeslaCrypt? Se seus arquivos criptografados possuíam as extensões .xxx, .ttt, .micro, .mp3 ou não tiveram mudanças, a ESET tem boas notícias: temos uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt.

Esse malware, que se diferencia por criptografar também arquivos de videogames. Em algumas situações, se propaga com o Locky e também por meio do Nemucod. Recentemente, os operadores de TeslaCrypt anunciaram que acabariam suas atividades malévolas:

ESET lança uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt_2

Como resultado, um dos especialistas da ESET contactou ao grupo de forma anônima, usando o canal oficial de suporte oferecido pelas vítimas do ransomware TeslaCrypt, e pediu a chave mestra universal para a descriptografia.

Surpreendentemente a tornaram pública, o que permitiu a ESET criar uma ferramenta gratuita de descriptografia, com a qual se pode desbloquear os arquivos infectados por todas as variantes desse ransomware.

ESET lança uma ferramenta de descriptografia para TeslaCrypt_3

Devemos ressaltar que o ransomware continua sendo uma das ameaças informáticas mais perigosas do momento e a prevenção é essencial para manter a segurança dos usuários. Por isso, é importante manter sistemas operativos e softwares atualizados, usar soluções de segurança confiáveis com múltiplas camadas de proteção e fazer backup regularmente de toda a informação valiosa em um local offline.

Também sugerimos que você seja cuidadoso ao dar clique em links ou arquivos que receba por meio de email ou veja em seu navegador. Isso é particularmente importante para os casos de mensagens com remetentes desconhecidos ou suspeitos.

Para mais informações sobre como proteger-se desse e de outros tipos de ransoware, veja também os 11 conselhos para proteger-se dos rawsomware.

 

Autor: Editor

Adaptação: Francisco de Assis Camurça, da ESET

Discussão