Como configurar a privacidade e segurança no Facebook

Saiba onde encontrar os principais recursos de privacidade e segurança do Facebook e como configurá-los para que suas informações estejam protegidas.

Saiba onde encontrar os principais recursos de privacidade e segurança do Facebook e como configurá-los para que suas informações estejam protegidas.

Muitas pessoas interagem diariamente com redes sociais e não se dão conta que tudo aquilo que publicam pode estar sendo analisado por criminosos para futuros golpes ou até sequestros de contas, seja na própria rede social ou em outros serviços, como e-mails e aplicativos de streaming. Pensando nisso, destacamos neste artigo as principais configurações de privacidade e segurança do Facebook, visando configurá-lo de maneira adequada para que apenas você tenha acesso a sua conta e, dessa forma, evitar que pessoas não autorizadas possam visualizar seus conteúdos.

Tanto a privacidade como a segurança são consideradas importantes quando o assunto é proteção, ainda assim a parte da segurança atua nas bases de uma conta. É possível obter ótimos resultados configurando de forma restrita as opções de privacidade, mas esses recursos não terão muita utilidade caso você não conte com uma forma de acesso robusta. Sendo assim, vamos começar este artigo falando sobre a segurança.

Para acessar as configurações tanto de segurança como de privacidade, o caminho é o mesmo. Abra o aplicativo > Selecione o menu > Desça até encontrar Configurações e privacidade > Configurações.

Imagem 1: Configurações de segurança e privacidade no Facebook.

Segurança

Em casos de aplicativos como o Facebook, a segurança refere-se basicamente a forma como o app será acessado. Seja o acesso feito pelo próprio usuário ou através de informações da conta por meio de outros apps/sites.

  • Senha: é importantíssimo ter uma senha adequada para acessar o Facebook, que seja robusta, que não seja utilizada em nenhum outro lugar, e que tenha em sua composição caracteres especiais, além de letras e números. Isso evitará que criminosos a adivinhem com ataques de força bruta.
  • Duplo fator de autenticação (2FA): habilitar o duplo fator de autenticação diminui drasticamente as chances de que sua conta seja acessada por pessoas não autorizadas mesmo que elas consigam obter sua senha. Isso acontece porque o Facebook exigirá que o novo login apresente usuário, senha e uma chave de acesso temporária. As configurações disponibilizadas pelo Facebook para obtenção dessa chave temporária incluem aplicativo de autenticação, como o google authenticator, SMS ou chave de segurança, por exemplo. Para configurar a autenticação em dois fatores basta acessar: Segurança e Login > Usar autenticação em dois fatores > Selecione o método de sua preferência e siga os passos solicitados nas configurações.

Imagem 2: Autenticação de dois fatores no Facebook.

  • Recuperação de acesso: problemas de acesso podem acontecer, seja por não usar um cofre de senhas e acabar esquecendo seu acesso ou por qualquer outro motivo. É sempre interessante ter formas adequadas de recuperação, e o Facebook permite que os usuários vinculem até 5 pessoas de confiança para auxiliarem no processo de recuperação. Acesse a opção através de: Segurança e Login > Escolher entre 3 e 5 amigos para contatar em caso de perda de acesso > Escolha os contatos de confiança > Preencher a senha, caso necessário. Após isso, uma lista com seus contatos mais próximos será exibida e você poderá escolhê-los. Caso alguém em quem confie não apareça nessa lista, haverá uma opção de busca na parte superior da tela onde todos os seus contatos podem ser achados pelo nome.

Imagem 3: Configurações de segurança no Facebook.

Imagem 4: Opção de contatos de confiança no Facebook.

Privacidade

As configurações de privacidade definem como a sua conta responderá quando for acessada por terceiros. No caso do Facebook, quem verá seus posts, fotos, amigos da lista, como sua conta será encontrada e diversos outros aspectos. Veja algumas boas práticas.

Sua atividade

Imagem 5: Opção Sua atividade no Facebook.

Quem pode ver suas publicações futuras?

Opções de configuração: [ Público | Amigos | Amigos, exceto… | Amigos específicos | Somente eu ]

Define quem irá poder ver o que você publicar futuramente, e é facilmente alterável a cada publicação. Do ponto de vista dos criminosos, posts são fontes de informações interessantes sobre o alvo. Caso não queira ficar pensando muito sobre postar algo ou não, alterar a privacidade de quem pode ou não ver essa publicação acaba sendo uma ótima solução, adotando a opção Amigos como permissão de visualização.

Quem pode ver as pessoas, páginas e listas que você segue?

Opções de configuração: [ Público | Amigos | Amigos, exceto… | Amigos específicos | Somente eu ]

Este tipo de informação já é considerada sensível, pois mostra uma série de preferências do usuário. Se um criminoso sabe que alguém segue páginas de Pet Shops e de adestradores, ele pode usar “cães” como um assunto de possível interesse daquele alvo. Neste caso a opção Amigos também pode ser interessante.

Quem pode ver seus stories?

Opções de configuração: [ Público | Amigos | Ocultar story de | Personalizado ]

Para os stories o cuidado deve ser redobrado. Muitos stories guardam informações valiosas para os criminosos, como caminhos que a pessoa passa, lugares que frequenta, coisas que gosta de fazer com um agravante ainda maior de que normalmente mostram estas informações em tempo real. Se você tem o hábito de fazer um story mostrando o que pediu de café da manhã na sua padaria preferida ao lado do seu trabalho toda segunda feira de manhã, ou qualquer outro hábito que demonstre frequência em algum lugar, e ainda compartilha isso publicamente, saiba que mais pessoas além dos seus amigos podem estar interessadas nisso, e talvez não seja por bons motivos.

Assim como as outras opções, também recomendo que os stories sejam vistos apenas por Amigos, mas vale um adendo. Tenha sempre muito cuidado com quem você permite que tenha acesso as suas redes sociais, a configuração que restringe a privacidade apenas para amigos só é valida se você mantém apenas amigos em sua lista e não qualquer um que te adicione.

Como as pessoas encontram e contatam você

Imagem 6: Configurações de busca de perfil no Facebook.

Das opções disponíveis para configuração, gostaria de destacar duas:

Quem pode ver sua lista de amigos?

Opções de configuração: [ Público | Amigos | Amigos, exceto… | Somente eu ]

Neste caso, minha sugestão é deixar a configuração para Somente eu, isso evitará que em caso de atividades maliciosas, seu perfil seja usado para relacionar informações sobre seus contatos. Considero esta configuração uma forma de proteção indireta à lista de amigos.

Quem pode procurar você usando o telefone fornecido?

Opções de configuração: [ Público | Amigos de amigos | Amigos | Somente eu ]

Permitir que o perfil seja encontrado através do telefone por qualquer um, principalmente depois de tantos vazamentos de dados contendo essa informação, pode ser um atrativo para cibercriminosos.

Eu, particularmente, deixo configurado a opção Somente eu para este item, mas caso você considere essa medida muito extrema, opte por Amigos, ou Amigos de Amigos. Lembrando que caso alguém que você conheça aceite pedidos de amizade de qualquer um, a opção Amigos de amigos fará com que eles possam validar seu número de telefone através dessa configuração.

Estas foram algumas das principais configurações de privacidade e segurança do Facebook, mas existem várias outras que podem melhorar ainda mais estes pontos. Recomendo fortemente que todas as configurações sejam revistas periodicamente e ajustadas de acordo com as necessidades. Lembrem-se que o Facebook sempre está apresentando novos recursos no que se refere a proteção.

Caso tenha ficado com alguma dúvida ou tenha sugestões de temas relacionados à segurança da informação que gostaria que abordássemos nas próximas publicações, conte-nos nos comentários.

Newsletter

Discussão