Enel São Paulo sofre vazamento de dados e expõe informações de clientes | WeLiveSecurity

Enel São Paulo sofre vazamento de dados e expõe informações de clientes

O incidente expôs dados como nome completo, RG, CPF, número de conta bancária e endereço de clientes da companhia.

O incidente expôs dados como nome completo, RG, CPF, número de conta bancária e endereço de clientes da companhia.

A distribuidora de energia Enel São Paulo comunicou que foi vítima de um vazamento de dados de cerca de 4% de sua base de clientes, todos do município de Osasco (SP). Em um comunicado disponível no site da Enel, a companhia destaque que após tomar conhecimento do incidente, desabilitou imediatamente o acesso ao banco de dados atacado, iniciou um processo de verificação interna e informou o fato às autoridades.

Ainda através do comunicado, a Enel destaca que o incidente será informado a todos os clientes afetados. “Todos os clientes que tenham sido afetados estão sendo notificados direta e individualmente por meio de e-mail ou carta, seguindo o compromisso de transparência da companhia e em linha com a legislação de Proteção de Dados”, afirmou a distribuidora de energia.

Comunicado disponível no site da Enel.

De acordo com informações obtidas pelo portal Tecnoblog, os clientes afetados pelo incidente tiveram as seguintes informações expostas:

  • nome
  • CPF
  • RG
  • data de nascimento
  • idade
  • endereço
  • telefone fixo
  • telefone celular
  • e-mail
  • agência bancária
  • conta corrente
  • carga instalada
  • consumo estimado
  • tipo de instalação
  • leitura

No caso de incidentes como o vazamento de dados, considerando que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) já está em vigor desde setembro deste ano, as empresas são obrigadas a comunicar o incidente a todos os clientes que tiveram suas informações afetadas. Segundo a LGPD, os clientes devem ser informados sobre os tipos de dados expostos e as medidas tomadas para mitigar o incidente.

Veja mais: 64% das empresas não estão em conformidade com a LGPD, destaca pesquisa

Newsletter

Discussão