Os mistérios da Dark Web: descubra o que essa rede tem a oferecer e por que pode ser tão perigosa | WeLiveSecurity

Os mistérios da Dark Web: descubra o que essa rede tem a oferecer e por que pode ser tão perigosa

Já teve curiosidade em saber o que a “Internet abaixo da Internet” esconde? Já escutou boatos sobre essa parte oculta do iceberg que possui bem mais conteúdo que a Internet normal e nunca teve coragem de acessar? Entenda o que é a Dark Web e saiba quais riscos esse espaço esconde.

Já teve curiosidade em saber o que a “Internet abaixo da Internet” esconde? Já escutou boatos sobre essa parte oculta do iceberg que possui bem mais conteúdo que a Internet normal e nunca teve coragem de acessar? Entenda o que é a Dark Web e saiba quais riscos esse espaço esconde.

Antes de iniciarmos a publicação propriamente dita, gostaria de destacar que este não é um tutorial de como acessar a Dark Web.

Este texto é dedicado a quem tem curiosidade de conhecer sobre o que há na Deep Web, mas acha arriscado demais acessá-la, ou para àqueles que estão iniciando suas buscas sobre o assunto e querem saber o que poderão encontrar. Dito isto, vamos lá!

Conceituando

Para que este texto e eventuais buscas na Internet se tornem mais simples, é importante saber alguns dos termos usados para falar dessa parcela específica da Internet.

  • Dark/Deep Web – que Deep Web e Dark Web são a mesma coisa. Dark Web é um termo mais recente para esta rede oculta.
  • Surface – É a internet como a maioria conhece. É onde estão hospedados os sites e serviços amplamente usados no mundo todo. Por exemplo, esta página do WeLiveSecurity está na Surface (do inglês, superfície), serviços como Gmail, sites de banco, jogos on-line e etc., tudo está na Surface. Ou seja, tudo (quase tudo) que é possível procurar no Google faz parte da Surface.
  • TOR – Sigla para The Onion Router. É a porta de entrada para a Dark Web.

Perguntas e respostas para entender melhor sobre o assunto

#Por que não é possível achar os conteúdos da Deep Web no Google?

O primeiro ponto que impossibilita que uma busca encontre resultados da Dark Web é, para que o conteúdo seja encontrado, é necessário que o criador da página permita que ele seja pesquisado. E isso não é uma prática aplicável a Dark Web, pois o intuito de divulgação das páginas, quase sempre maliciosos, é por meios específicos. O outro ponto é que as páginas não são acessíveis com um endereço comum, como por exemplo www.welivesecurity.com.br. Para acessá-las é necessário fazer parte de uma rede específica (a rede TOR), e só dentro desta rede os endereços podem ser abertos, caso você já os conheça previamente. Apenas para exemplificar, pois o site informado é fictício, na Dark Web os sites podem ser acessados com endereços similares a ax134shaj1jsdjl3xx3a12bbz.onion. Bem diferente do que estamos acostumados, não é?

#Se é tão escondido, como encontrar endereços de páginas da Dark Web?

Existem alguns sites da Surface que possuem informações sobre endereços da Dark Web. Existe uma espécie de Wikipédia Escondida que possui um catálogo com diversos sites dos mais variados tipos. Em geral, quem acessa pela primeira vez costuma encontrá-la primeiro, para saber onde ir.

#Tudo que tem na Dark Web tem vírus e pode comprometer o funcionamento do meu computador?

Resposta curta: Sim!!

Resposta longa: A Dark Web é composta, basicamente, de usuários que procuram anonimato e oferta de coisas ilegais. Os usuários que procuram anonimato não costumam ter páginas fixas, apenas usam os serviços anônimos que ela oferece, e é quase impossível esbarrar com algum deles por acidente. Já aqueles que buscam ofertar serviços ilegais possuem páginas oferecendo seus produtos, e como boa parte das páginas é mantida por criminosos que sabem o que estão fazendo, as chances de se infectar com algum malware enquanto navega em meio a essas ofertas é grande. Se uma infecção de malware já é ruim na Surface, imagine na Dark Web onde os criminosos costumam ter um nível de conhecimento maior. Quase tudo que se encontra é ilegal e pode conter ameaças escondidas, se fosse para publicar conteúdos legais e livre de malwares eles provavelmente seriam acessíveis através da Internet convencional.

#Tudo que tem na Dark Web é ilegal?

Normalmente sim. Os conteúdos lícitos normalmente são encontrados na Surface.

#O que é possível encontrar na Dark Web?

Desde serviços conhecidos, mas que visam anonimato, como e-mails e redes sociais, até venda de armas, drogas, pornografia e um vasto comércio de crimes digitais.

Comércio de armas.

 

Geradores de identidade falsa.

 

Venda de informações privilegiadas do mercado financeiro.

 

Rede social.

 

Diversos tipos de serviços financeiros ilícitos.

 

Venda de cartões de crédito clonados.

#É possível acessar sem se infectar?

Sim, é possível, mas é preciso ter grande cautela e o máximo de proteções possíveis para que o acesso seja adequadamente seguro.

É válido lembrar que nem todas as proteções do mundo conseguem evitar que um usuário que navega de forma imprudente seja infectado. Conscientização é uma linha de defesa muito poderosa, por isso, fique atento.

Esteja sempre protegido

Caso a curiosidade não tenha sido totalmente sanada e você deseje acessar a Dark Web para vê-la com seus próprios olhos, recomendamos que use algum sistema operacional que faça boot diretamente do pendrive e que remova o disco rígido do computador antes do acesso. Assim, todos os tipos de arquivos gerados pela navegação serão apenas temporários e as chances de uma infecção permanente são drasticamente reduzidas.

Caso isso tenha soado complexo demais, listaremos abaixo meios de proteção para que o acesso feito pelo seu computador seja o mais seguro possível.

  • Mantenha ativas todas as proteções que estiverem disponíveis em seu dispositivo. Abaixo estão descritas algumas das soluções essenciais para que o risco seja minimizado:
  1. Proteção de endpoint – Apenas antivírus não bastam neste caso, caso se depare com alguma ameaça, há chances de que ela nunca tenha sido vista antes, proteções que se baseiam em assinatura, como o antivírus, não conseguirão detê-las.
  2. Filtro Web – Diversas ameaças, tanto na Surface como na Dark Web, se espelham através do browser. Tenha filtros de navegação habilitados e atualizados e certifique-se de que eles estão sendo aplicados para o navegador usado para acessar a Dark Web.
  3. Firewall – Gerenciar uma proteção como um firewall manualmente pode ser trabalhoso, mas é essencial. Caso sua solução de proteção também possua firewall, deixe-o habilitado e configurado para bloquear ameaças.
  • Mantenha o Sistema Operacional e todos os programas atualizados. Certifique-se de que todas as atualizações de segurança estejam instaladas.
  • Não baixe arquivos. Como nenhuma das fontes passa por análise de procedência, há grandes chances de você baixar algo com o conteúdo diferente do que lhe foi prometido.
  • Não faça cadastros com seus dados pessoais. Caso seja realmente necessário, não utilize quaisquer dados que tenham vínculo com informações sobre você no mundo real.
  • Caso algum tipo de cadastro seja feito, nunca use senhas iguais a nenhuma senha que você tenha para contas de e-mails ou mesmo serviços. Senhas devem ser de uso único e não devem ser repetidas, mesmo fora da Dark Web.
  • Ao terminar de acessar a Dark Web, feche todas as janelas do browser usado para o acesso e se desconecte do serviço que permitiu sua entrada.

Discussão