Nova função do Chrome cria senhas únicas e fortes

Nova função do Chrome cria senhas únicas e fortes

A atualização mais recente do Google Chrome (69) inclui melhorias no seu gerenciador de senhas integrado. Uma das novidades é a sugestão de chaves únicas e fortes que podem ser armazenadas dentro de uma conta Google.

A atualização mais recente do Google Chrome (69) inclui melhorias no seu gerenciador de senhas integrado. Uma das novidades é a sugestão de chaves únicas e fortes que podem ser armazenadas dentro de uma conta Google.

Aproveitando a comemoração pelos 10 anos do lançamento do Chrome, o Google fez várias melhorias no navegador para celebrar seu aniversário e as refletiu na nova versão 69 – talvez a atualização mais importante desde seu lançamento em 2008. Além de um novo design, uma das melhorias mais importantes é em termos de segurança com as novas funções de seu gerenciador de senhas que buscam contribuir para o desenvolvimento de senhas mais fortes e evitar o mau hábito de repetir a mesma senha em contas diferentes.

Assim como outros gerenciadores de senhas que podem ser baixados, com a última atualização do Google Chrome foi adicionada uma função que faz com que, ao inserir uma nova senha, o navegador ofereça automaticamente uma sugestão alternativa para que o usuário evite escolher uma senha fraca ou repita a mesma chave de acesso (supondo que você esteja usando uma senha que já havia usado em outra conta ou serviço) e que também será mais forte.

Todas essas novas senhas serão armazenadas pelo Google em sua conta (do Google) e você poderá acessá-las em qualquer dispositivo no qual tenha instalado o navegador, como computador, tablet ou telefone (Android ou iOS).

Como você pode ver no gif abaixo, como parte do processo de registro em um serviço, depois de inserir o nome de usuário escolhido e ao estar no campo “senha”, o Chrome automaticamente gera uma sugestão que pode ser salva.

Fonte: Google

Ativar ou desativar essa função

Enquanto alguns usuários irão aproveitar essa função, outros podem preferir desativá-la. O mesmo acontece com a função de preenchimento automático para alguns campos (como cartão de crédito, contas de e-mail, endereço, etc.) que o Chrome armazena e ativa ao preencher um formulário para economizar tempo. E para a tranquilidade de todos, os dois recursos podem ser ativados ou desativados.

Os vazamentos de informações e o péssimo hábito de reutilizar a mesma senha

Em várias ocasiões, mencionamos casos de vazamentos de informações sofridos por empresas ou serviços nos quais somos assinantes e que expõem dados pessoais de usuários, como e-mails e senhas, entre outros. Recentemente sugerimos algumas ferramentas que informam quando nossos dados são vazados em um incidente dessa natureza ou a existência de sites como o hasibeenpwned.com, que nos permitem saber se o nosso e-mail faz parte de um vazamento. De acordo com dados publicados pelo Google, somente em 2017 mais de 3.300 milhões de dados de acesso foram expostos devido a vazamentos de informações.

Esse número apenas mostrar uma realidade da qual muitas vezes não estamos cientes. E o pior é que, diante de um incidente, muitos dos usuários afetados são forçados a alterar rapidamente a senha de um grande número de contas por terem usado a mesma chave de acesso em vários serviços.

Caso o usuário decida não usar essa nova função do Chrome para criar senhas únicas diferentes e mais fortes, ele tem a opção de usar gerenciadores de senhas como o KeePass, que pode ser instalado no computador, ou alterar a estratégia na hora de criar suas senhas, como o uso de frases, por exemplo: “eu ador0 LER o WeL1veSecur1ty!”.

Se você quiser saber mais sobre o assunto, leia também os seguintes posts:

Discussão