Torcedores ingleses aproveitam vulnerabilidade para falsificar a Fan ID e viajar para a Rússia

Torcedores ingleses aproveitam vulnerabilidade para falsificar a Fan ID e viajar para a Rússia

Vários torcedores ingleses viajaram para a Rússia se aproveitando de uma vulnerabilidade que permite falsificar a FAN ID e entrar no país anfitrião sem visto e ingressos para os jogos.

Vários torcedores ingleses viajaram para a Rússia se aproveitando de uma vulnerabilidade que permite falsificar a FAN ID e entrar no país anfitrião sem visto e ingressos para os jogos.

Poucos dias antes do início da Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018, publicamos um artigo com algumas dicas para evitar ser vítima de golpes durante a Copa do Mundo. Entre as nossas recomendações, sugerimos que os usuários protejam sua privacidade e evitem postar fotos de seus passaportes, passagens ou ingressos nas redes sociais. E foi justamente graças à publicação de ingressos dos jogos nas redes sociais que os torcedores ingleses aproveitaram uma vulnerabilidade que permite obter uma FAN ID ao colocar o código de barras que aparece na entrada dos jogos.

De acordo com o jornal britânico The Telegraph, após o jogo com a Colômbia, vários torcedores começaram a procurar uma forma de obter o visto ou a Fan ID para entrar na Rússia, mas descobriram que o processo de obtenção do visto demorava bastante.

A Fan ID é um documento exigido pelas autoridades russas que é obtido apenas quando o torcedor possui uma entrada para assistir a um jogo. Além disso, é obrigatório contar com este documento para entrar nos estádios. O bom dessa identificação é que evita a realização do longo processo de obtenção do visto. Isso levou os torcedores a descobrirem uma falha que permite viajar para a Rússia e ter as credenciais para entrar no país e nos estádios, especialmente agora que a Inglaterra está nas instâncias decisivas do campeonato mundial. Segundo o The Telegraph, os torcedores perceberam que o Fan ID e a compra de ingressos não estão conectadas através de qualquer banco de dados. Por outro lado, o jornal “The Independent” verificou que mesmo o número que aparece na entrada de um jogo que já aconteceu é o suficiente para obter uma Fan ID.

Cuidado com as informações que você compartilha na Internet.

Discussão