EUA acusa o suposto culpado do ataque à HBO de fraude e extorsão

EUA acusa o suposto culpado do ataque à HBO de fraude e extorsão

A acusação descreve Mesri como um "especialista autoproclamado" que anteriormente havia trabalhado para o Irã em ataques a sistemas militares e nucleares de Israel.

A acusação descreve Mesri como um “especialista autoproclamado” que anteriormente havia trabalhado para o Irã em ataques a sistemas militares e nucleares de Israel.

Promotores de justiça dos EUA apresentaram acusações contra um cidadão iraniano que supostamente comprometeu dados da rede de TV à cabo HBO neste ano, obtendo vários materiais, que incluíam episódios de séries conhecidas e informações pessoais de atores. O criminoso teria exigido 6 milhões de dólares em bitcoins em troca dos conteúdos.

Behzad Mesri, que recebeu o apelido de “Skote Vahshat”, enfrenta acusações de vários crimes federais, incluindo fraude digital, fraude eletrônica, extorsão e roubo de identidade, de acordo com uma acusação do Ministério Público dos EUA em Manhattan divulgado na última terça-feira (21).

Dizem que o material que Mesri, de 29 anos, tem em suas mãos, equivale a não menos de 1,5 terabytes. Inclui episódios inéditos, scripts e resumos da famosa série Game of Thrones, bem como episódios de outros programas como Ballers, Barry, Room 104, Curb Your Enthusiasm e The Deuce.

Behzad Mesri enfrenta acusações de vários crimes federais, incluindo fraude digital, fraude eletrônica, extorsão e roubo de identidade

A acusação descreve Mesri como um “especialista autoproclamado” que anteriormente haviam trabalhado para o Irã em ataques a sistemas militares, sistemas de software nuclear e infraestrutura israelense.

De acordo com um comunicado de imprensa do Ministério Público dos EUA para o Distrito Sul de Nova York, Mesri também foi membro de um grupo com sede no Irã chamado Turk Black Hat e fez centenas de defacements contra sites nos Estados Unidos e em outros lugares.

“Mesri agora é acusado de crimes federais e, embora até hoje não tenha sido preso, está sendo observado até enfrentar a justiça”, disse o advogado do distrito sul de Nova York, Joon Kim, em um comunicado.

Acredita-se que Mesri começou sua campanha em maio, realizando um reconhecimento da rede de computadores da HBO e dos funcionários, e buscando vulnerabilidades. Até julho, Mesri “comprometeu várias contas de usuários de funcionários da HBO e outros usuários autorizados, e usou essas contas para obter acesso não autorizado aos servidores da HBO, de acordo com a Procuradoria dos Estados Unidos.

Entre aproximadamente 23 e 29 de julho, Mesri teria executado sua ação de chantagem. Como a rede de televisão não pagou os 6 milhões solicitados em criptomoeda digital, começou a vazar parte dos dados roubados em 30 de julho.

A Reuters informou, em agosto, que a HBO havia oferecido 250 mil dólares para os cibercriminosos em troca de atrasar o prazo “para pagar um resgate muito maior”. O pedido, que uma pessoa familiarizada com a resposta da HBO descreveu como uma tática de atraso, não provocou nenhuma resposta do atacante.

Discussão