Introdução ao Linux por meio da utilização do Ubuntu

Introdução ao Linux por meio da utilização do Ubuntu

Saiba mais sobre o Linux e conheça algumas das principais características desse sistema operacional, que é livre e de código aberto.

Saiba mais sobre o Linux e conheça algumas das principais características desse sistema operacional, que é livre e de código aberto.

Certamente, muitas vezes, já deve ter passado pela sua cabeça a ideia de trocar o seu sistema operacional Windows pelo Linux. Normalmente os usuários costumam fazer as seguintes perguntas: os programas do Windows são compatíveis? Como instalo um programa no Linux? É pago? Quais são as minhas alternativas? Neste post, daremos um panorama geral para que você possa usar esse sistema operacional sem qualquer preocupação.

Vamos começar pelo princípio… O que é o Linux?

É um sistema operacional livre e de código aberto. E o que significa isso? Basicamente duas coisas:

  • É gratuito. Além disso, existe uma grande comunidade disposta a ajudar caso seja apresentado algum problema. Muitos desenvolvedores contribuem com as atualizações e correções de erros desse sistema operacional por meio de relatos na comunidade de software livre.
  • “Código aberto” significa que o seu código fonte está totalmente disponível. Ou seja, caso queira se aprofundar mais, poderá modificá-lo como quiser. E caso saiba programar, não terá limites nesse sentido.

O Linux é um sistema Unix assim como o OS X, por isso a estrutura de arquivos é semelhante. No lugar de mostrar os arquivos em disco C: (File System), existe o diretório raiz. Veja abaixo como é o diretório raiz (equivalente ao disco C:):

filesystem1

Tenho um computador antigo, posso usá-lo da mesma forma?

Sim claro. Existem diferentes distribuições voltadas para computadores com poucos recursos para tirar o máximo proveito do equipamento.

Para computadores que talvez estejam na sua casa há vários anos, você pode adotar uma das seguintes alternativas:

Esses três são apenas alguns exemplos, mas existem muitas outrass alternativas para computadores com pouco hardware.

Para equipamentos mais atuais e sem problemas de hardware existem algumas distribuições disponíveis como:

Aqui também destacamos apenas algumas das distribuições existentes. Neste post, vamos usar o Ubuntu para mostrar com detalhes os usos mais comuns – tal como ocorre no Windows.

Introdução ao Linux: primeiros passos

Nesse ponto, vamos explicar que para realizar um simples teste, não é necessário instalar o sistema operacional no seu computador. Você pode baixar a distribuição preferida em uma memória USB ou DVD (liveCD ou liveUSB) apenas como teste antes mesmo de realizar a instalação.

Agora, se você já tiver instalado e não sabe como usar o sistema operacional, aqui vem a parte mais divertida.

O que é a popular consola do Linux?

A consola é um terminal que interpreta comandos, a partir do qual você pode instalar aplicativos, iniciá-los, fechá-los … basicamente, a partir da console é possível fazer tudo. No entanto, não é obrigatória, considerando que também existe uma interface gráfica para fazer as suas operações.

Como posso instalar programas?

Isso pode ser feito a partir do Ubuntu Software-Center:

Software-Center

Após acessá-lo, pode ser vista da seguinte forma:

Software-Center1

Aqui é possível encontrar o aplicativo que você deseja instalar; uma vez encontrado, clique no botão “Instalar”, assim como pode ser visto a seguir:

chromium

Isso também pode ser feito através da consola Terminal, executando o seguinte comando:

apt-get

Como pode ser visto, o comando consiste em várias partes:

  • Sudo: é utilizado para solicitar permissões de “administrador” para o sistema operacional.
  • Apt-get: é o gestor de pacotes –apt que pertence a ferramenta avançada de pacotes (Advanced Packet Tool). A execução do comando apt-get -help mostrará como executar essa instrução. Neste caso, foi usado o install para instalar.

Por meio desses comandos é possível inserir o nome do aplicativo que deseja instalar. No exemplo, usamos o navegador Chromium.

Posso usar os meus programas do Windows no Ubuntu?

Sim, claro que pode. Existe um aplicativo chamado Wine, que é responsável por emular um disco do Windows, permitindo instalar e executar aplicativos próprios desse sistema operacional, como .exe.

Uma vez instalado, para acessar o arquivo só resta clicar no botão direito do mouse, selecionar “abrir com” e, em seguida, Windows Program Loader.

wine

Como posso atualizar o Linux?

O sistema operacional possui um gerenciador de atualização (Software-Update) que exibe um aviso – considerando que as atualizações são fundamentais para corrigir falhas – informando sobre o número de atualizações disponíveis para instalação, como pode ser visto a seguir:

updates

Possui administrador de tarefas para fechar aplicativos?

Sim, o Linux possui. O administrador de tarefas é chamado de monitor de sistema (Sistema Monoitor), no qual também é possível fechar os aplicativos que estão em execução:

system-monitor

Cabe destacar que o Linux possui muitas alternativas gratuitas e livres para os aplicativos mais usados no Windows. Existem alternativas para aplicativos de email, navegadores web e jogos, entre outros. A interface gráfica do Linux é bastante intuitiva, por isso, não será problema encontrar os aplicativos.

Que tal experimentar as distribuições que mais possam te interessar? Independentemente da sua escolha, com essas dicas, você pode começar a usar o sistema operacional livre, instalar ou desinstalar aplicativos, fechar aqueles que “travam” ou instalar atualizações, entre outras coisas.

Créditos da imagem: ©finnsland/Flickr

Discussão