Windows 10 Anniversary Update: segurança e privacidade, esperança e mudança?

Windows 10 Anniversary Update: segurança e privacidade, esperança e mudança?

No ano passado, no WeLiveSecurity, apresentamos um white paper detalhado examinando o Windows 10 a partir de uma perspectiva de segurança e privacidade. Aparentemente, muitos leitores o consideraram útil, especialmente os profissionais de TI que contemplam atualizações desde versões anteriores do sistema operacional. Considerando que muitos analistas preveem que 2017 será o ano em que

No ano passado, no WeLiveSecurity, apresentamos um white paper detalhado examinando o Windows 10 a partir de uma perspectiva de segurança e privacidade. Aparentemente, muitos leitores o consideraram útil, especialmente os profissionais de TI que contemplam atualizações desde versões anteriores do sistema operacional. Considerando que muitos analistas preveem que 2017 será o ano em que

No ano passado, no WeLiveSecurity, apresentamos um white paper detalhado examinando o Windows 10 a partir de uma perspectiva de segurança e privacidade. Aparentemente, muitos leitores o consideraram útil, especialmente os profissionais de TI que contemplam atualizações desde versões anteriores do sistema operacional.

Considerando que muitos analistas preveem que 2017 será o ano em que a maioria das empresas realizarão a mudando para o Windows 10, a ESET publica um novo white paper intitulado “Windows 10 Anniversary Update Security and Privacy (disponível em inglês), que analisa as mudanças nos recursos de segurança e privacidade do Windows 10 Anniversary Update (atualização também conhecida como Build 14393, Redstone 1, Version 1607).

Em agosto de 2016, a Microsoft colocou à disposição o Windows 10 Anniversary Update com o intuito de comemorar o primeiro aniversário de seu emblemático sistema operacional para computadores com novos recursos e funcionalidades, e designando-o como o Current Branch (CB) para os usuários (consumer). Em novembro, a companhia anunciou que o designava Current Branch for Business (CBB), o que significa que a Microsoft espera que essa build seja a única executada pelos clientes corporativos na maioria dos seus computadores.

Como a empresa prometeu, essa versão contém melhorias com sobre o Threshold 2 (ou Build 10586), a versão anterior do Windows que foi lançada em novembro de 2015. No entanto, também removem alguns recursos, trocam outros e tem alguns problemas que podem afetar a segurança dos usuários.

Nosso novo white paper que examina a eliminação de recursos relacionados com a segurança e privacidade, como Wi-Fi Sense e Kid’s Corner, mudanças na Group Policy e ao login baseado em PIN, e nas últimas versões mais recentes do Windows Defender y Microsoft Edge. Também analisamos alguns dos problemas que afetam o Windows 10 Anniversary Update, e como podem afetar a segurança dos usuários domésticos e corporativos.

Clique na imagem para acessar ao white paper em inglês:

win10-paper

Confira a tabela de conteúdos do white paper:

18-1-2017 11-37-45 a- m-

Discussão