6 dicas para os adoradores das redes sociais e mensagens instantâneas

6 dicas para os adoradores das redes sociais e mensagens instantâneas

O mundo da Internet mudou muito nos últimos anos. Antes, navegar significava apenas usar sites de busca para encontrar um conteúdo específico, ou ler artigos nos sites favoritos de notícias. Hoje, as redes sociais, os vídeos e os serviços de mensagens instantâneas são fundamentais para a experiência online de um usuário, especialmente entre a geração

O mundo da Internet mudou muito nos últimos anos. Antes, navegar significava apenas usar sites de busca para encontrar um conteúdo específico, ou ler artigos nos sites favoritos de notícias. Hoje, as redes sociais, os vídeos e os serviços de mensagens instantâneas são fundamentais para a experiência online de um usuário, especialmente entre a geração

O mundo da Internet mudou muito nos últimos anos. Antes, navegar significava apenas usar sites de busca para encontrar um conteúdo específico, ou ler artigos nos sites favoritos de notícias. Hoje, as redes sociais, os vídeos e os serviços de mensagens instantâneas são fundamentais para a experiência online de um usuário, especialmente entre a geração mais jovem.

No entanto, a comodidade de interagir com amigos e conhecidos tem um preço. Uma nova série de riscos tem aparecido e apesar das redes sociais fazerem um enorme esforço, o frequente descaso de alguns usuários faz com que muitos possam comprometar a segurança de suas próprias informações.

Considerando que outubro é o mês da cibersegurança na Europa e a ESET apoia a iniciativa publicando conteúdos para aprofundar a conscientização dos usuários, é hora de listar algumas dicas que te ajudarão a estar protegido em alguns serviços.

1. Atualize o software e mantenha seus dispositivos seguros

Seu sistema operacional e aplicativos, assim como todo software (especialmente os navegadores), devem estar atualizados. Além disso, para manter os bandidos bem longe de você, use uma solução de segurança completa e confiável tanto em seu computador como em seus dispositivos móveis.

2. Use senhas fortes

Essa prática não deve ser aplicada apenas nas redes sociais, mas também no mundo cibernético em geral. Lembre-se que suas senhas devem ser fortes, robustas e únicas, de forma que não se repitam em outros serviços; combine letras maiúsculas, minúsculas, números e caracteres especiais, e tenha em conta que não é necessário se preocupar em memorizar todas, já que é possível usar um gerenciador de senhas, evitando até mesmo que você se canse desses assuntos sobre segurança.

3. Revise a configuração de suas contas

Sua principal prioridade ao criar um novo perfil é revisar as opções de segurança e privacidade que os serviços te oferecem e, em seguida, configurá-las corretamente. Tenha certeza de que suas publicações sejam visíveis apenas para os amigos mais próximos ou para um grupo que tenha em mente e não qualquer um. Caso adicione detalhes em seu perfil, como dados pessoais, é sempre bom escondê-los de estranhos e possíveis vigaristas, evitando que possam usá-los para adivinhar suas senhas ou roubar sua identidade.

Se você não sabe por onde começar, temos mais dicas para revisar as configurações de suas redes sociais. Lembre-se que as campanhas criadas pelos cibercriminosos mudam de forma periódica, por isso, é fundamental ter uma atenção permanente.

4. Pense duas vezes antes de publicar

Mesmo tendo definido uma boa configuração de privacidade, prints da tela de seu perfil, publicações ou mensagens podem terminar sendo divulgadas pela web caso alguém em quem confie tenha más intenções e se proponha a fazer algo. Portanto, pense bem antes de publicar um texto, foto, opinião, mensagem pessoal ou vídeo. Uma vez online, será bem mais difícil retirá-la por completo.

5. Seja cético

Uma regra geral: “Se algo parece muito bom para ser verdade, provavelmente não seja”. Então se alguém te oferece um carro novo, computador ou smartphone em troca de informações como data ou lugar de nascimento, documento ou telefone, é provável que seja uma armadilha. Lembre-se que os golpes na web podem se apresentar de diferentes formas, utilizando a velha e conhecida Engenharia Social para atrair vítimas.

Mantenha seus dados pessoais de forma privada e, antes de divulgá-los em um site ou participar de sorteios e concursos, verifique a autenticidade.

6. Evite estranhos

Você acabou de receber uma mensagem instantânea de alguém bastante atrativo? Então se pergunte: conheço ou já vi essa pessoa? Se não, tenha muito cuidado. O ciberespaço pode proporcionar anonimato e “camuflagem” aos atores maliciosos, o que lhes permite manipular às vítimas para que executem ações que normalmente não fariam. Para se manter protegido, limite a quantidade de pessoas que podem te contactar e, se possível, interaja apenas com quem realmente conhece.

Leia também: 6 dicas para manter-se protegido no Facebook.

Discussão