Vazamento de dados - Acusado de roubar dados de Marcela Temer pode ter sentença de até 15 anos de prisão

Vazamento de dados – Acusado de roubar dados de Marcela Temer pode ter sentença de até 15 anos de prisão

O roubo de informações pessoais e fotos de celular está se tornando algo cada vez mais comum, principalmente entre grandes empresas e pessoas famosas. O que não significa que você também não possa ser um novo alvo. Depois do vazamento da foto do modelo e ator Paulo Zulu, voltamos a relembrar o caso de Marcela

O roubo de informações pessoais e fotos de celular está se tornando algo cada vez mais comum, principalmente entre grandes empresas e pessoas famosas. O que não significa que você também não possa ser um novo alvo. Depois do vazamento da foto do modelo e ator Paulo Zulu, voltamos a relembrar o caso de Marcela

Posse_Dilma_2010_9

O roubo de informações pessoais e fotos de celular está se tornando algo cada vez mais comum, principalmente entre grandes empresas e pessoas famosas. O que não significa que você também não possa ser um novo alvo.

Depois do vazamento da foto do modelo e ator Paulo Zulu, voltamos a relembrar o caso de Marcela Temer, esposa do presidente da República Michel Temer, que em abril deste ano teve suas fotos e áudios roubados por Silvonei José de Jesus Souza (35), que será julgado nas próximas semanas. Caso condenado, ele pode receber a sentença de até 15 anos de prisão, segundo informações do site de notícias Bol.

Silvonei, atualmente detido no presídio de Tremembé (SP), está sendo acusado de clonar o celular da primeira dama e ter exigido R$ 15 mil para não vazar fotos e áudios da vítima. O processo, que corre em segredo de justiça, está nas mãos da juíza Eliana Cassales de Melo, da 30ª Vara Criminal da Barra Funda.

 

Como cuidar da privacidade?

Lembre-se sempre que você poderia ser uma vítima, então cuide da segurança de suas informações. Esses incidentes devem servir para lembrar a importância que tem nossa privacidade e os problemas que podem surgir com a má administração de dados. Algumas dicas são fundamentais para evitar situações constrangedoras:

  • Pense bem antes de tirar uma foto, use o bom senso;
  • Utilize soluções de segurança;
  • Não armazene informações em qualquer lugar;
  • Utilize os serviços de criptografia – diante do roubo ou perda do seu dispositivo, alguém pode ter acesso aos arquivos e, além da senha, ter criptografado o disco ou a memória é a melhor garantia que a informação pessoal e confidencial não poderá ser acessada.
  • Utilize o duplo fator de autenticação – muitas empresas estão incorporando o uso do serviço.

 

Imagem: Wikimedia Commons.

Autor: Francisco de Assis Camurça, da ESET.

Discussão