Foto íntima de Paulo Zulu vaza em rede social - Saiba como evitar ser mais uma vítima

Foto íntima de Paulo Zulu vaza em rede social – Saiba como evitar ser mais uma vítima

No último domingo (11), o modelo e ator Paulo Zulu foi mais uma vítima dos cibercriminosos. Desta vez, com o vazamento de uma foto íntima do artista, postada em seu perfil no Instagram. Após recuperar sua conta, Zulu comentou (na mesma rede social) sobre o constragimento e relatou que não imaginava passar por uma situação

No último domingo (11), o modelo e ator Paulo Zulu foi mais uma vítima dos cibercriminosos. Desta vez, com o vazamento de uma foto íntima do artista, postada em seu perfil no Instagram. Após recuperar sua conta, Zulu comentou (na mesma rede social) sobre o constragimento e relatou que não imaginava passar por uma situação

man-65049_960_720

No último domingo (11), o modelo e ator Paulo Zulu foi mais uma vítima dos cibercriminosos. Desta vez, com o vazamento de uma foto íntima do artista, postada em seu perfil no Instagram. Após recuperar sua conta, Zulu comentou (na mesma rede social) sobre o constragimento e relatou que não imaginava passar por uma situação como essa:

 

Paulo Zulu_vazamento de foto

Post de Zulu em seu perfil no Instagram. Imagem: Instagram

Muitas vezes pensamos: quem irá roubar minhas fotos? Não sou famoso! Mesmo não sendo um artista ou político conhecido, podemos ser mais uma vítima dos cibercriminosos. Todos sabemos que ter uma foto divulgada (sem autorização) pode gerar diversas consequências e até mesmo muito constrangimento. Por isso, confira as dicas do expert em segurança da informação da ESET, , para não cair nas armadilhas dos criminosos:

1. Cuidado com onde você guarda suas fotos

Existem muitas formas para que um cibercriminoso tenha acesso a um conteúdo pessoal, a maioria destas invasões ocorrem porque alguém conseguiu acessar a um serviço onde se encontravam fotos de um usuário. Seja uma conta do Gmail ou o serviço iCloud da Apple, muita gente ainda desconhece que por meio do dispositivo móvel são realizadas cópias de segurança de fotos e vídeos. De fato, há um tempo, o Google incluiu a possibilidade de postar automaticamente fotos por meio do Android diretamente ao serviço de fotos integrado do Google+. Ocorre que muitos usuários ativaram esta função sem saber e estão compartilhando informação pessoal sem se dar conta.

 

2. Duplo fator de autenticação

Felizmente, podemos proteger o acesso a estes serviços onde armazenamos uma quantidade importante de informação privada. Com notícias como a desta semana, vemos que o uso de usuários e senhas é algo que pode terminar em um desastre para nossa privacidade caso não utilizemos senhas fortes. E é por isso que muitas empresas estão incorporando o uso do duplo fator de autenticação.

Se você ainda não está utilizando esta opção de segurança para proteger o acesso ao seu Apple ID ou iCloud, talvez seja um bom momento para começar a utilizá-lo.

 

3. Proteja o seu dispositivo

Apesar da maioria destes ataques serem realizados por meio de serviços online, nunca devemos nos descuidar. É vital que você proteja seu dispositivo móvel, não apenas com um código PIN ou padrão de desbloqueio, mas também criptografando seu conteúdo e configurando alguma ferramenta que permita localizá-lo e excluir remotamente os dados em casos de perda ou roubo.

Diante do roubo ou perda do seu dispositivo, alguém pode ter acesso aos arquivos e, além da senha, ter criptografado o disco ou a memória é a melhor garantia que a informação pessoal e confidencial não poderá ser acessada.

 

4. Pense antes de tirar uma foto

Parece algo lógico, mas muitas vezes fazemos fotos de forma impulsiva e sem pensar nas consequências. No caso dos famosos, essas fotos têm mais repercussão midiática, podendo até mesmo ser vítima de casos de chantagem. Muito pior são os casos de fotos e vídeos comprometidos que envolvem crianças, considerando que as consequências podem ser muito mais desastrosas.

 

5. Utilize soluções de segurança

Conte com soluções de segurança no equipamento, como um antivírus e um firewall, que protejam contra vírus, trojans e worm que podem roubar arquivos do sistema e que normalmente estão relacionados com arquivos de mensagens de email ou em páginas modificadas para infectar usuários desprotegidos.

 

Conclusão

Está claro que as fotos do Paulo Zulu, e de outros famosos, chamam muito mais a atenção que as de outras pessoas que não tem tanta fama, mas estes incidentes nos deve servir para lembrar a importância que tem nossa privacidade e os problemas derivados de sua má gestão. Não seja pego de forma desprevenida, nem deixe que roubem seu material íntimo. Cuide da sua privacidade como um bem precioso!

 

Autor: Francisco de Assis Camurça, da ESET.

Discussão