WhatsApp é bloqueado mais uma vez no Brasil

WhatsApp é bloqueado mais uma vez no Brasil

Segundo o relato de usuários nas redes sociais, o WhatsApp já começou a ser bloqueado nesta terça-feira (19), no Brasil. A suspensão do serviço ocorre devido a uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro, que determinou o bloqueio do aplicativo em todo o país. Desta vez, não há período determinado para que o serviço

Segundo o relato de usuários nas redes sociais, o WhatsApp já começou a ser bloqueado nesta terça-feira (19), no Brasil. A suspensão do serviço ocorre devido a uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro, que determinou o bloqueio do aplicativo em todo o país. Desta vez, não há período determinado para que o serviço

WhatsApp é bloqueado no Brasil

Segundo o relato de usuários nas redes sociais, o WhatsApp já começou a ser bloqueado nesta terça-feira (19), no Brasil. A suspensão do serviço ocorre devido a uma decisão da Justiça do Rio de Janeiro, que determinou o bloqueio do aplicativo em todo o país. Desta vez, não há período determinado para que o serviço volte a funcionar.

A notificação de bloqueio do aplicativo foi enviada após o Facebook se recusar a cumprir uma ordem judicial e a fornecer informações para uma investigação da polícia. Conforme Eduardo Levy, presidente do Sindicato das Operadoras de Telefonia (SindiTeleBrasil), o aplicativo de mensagens começaria a ser tirado do ar a partir das 14h, de hoje (19), tendo seu bloqueio completo até as 18h.

É importante lembrar que os cibercriminosos se aproveitam de momentos como este (bloqueio do aplicativo) para criar situações de ameaça para os usuários que tentam outras alternativas com o intuito de continuar usando o serviço, como notícias falsas ou mesmo aplicativos que simulam ser outra versão do WhatsApp.

A verdade é que esses criminosos virtuais se aproveitam de notícias que chamam a atenção das pessoas para utilizar formas de Engenharia Social, que além de propagar notícias falsas (com temas atuais) ou aplicações maliciosas, pode direcionar tráfego a um site específico. Um exemplo claro foi o que ocorreu com a notícia da morte de Michael Schumacher, no qual foi usado como desculpa para difundir um suposto vídeo.

Cuidado com as fraudes!

Josep Albors, especialista da ESET, destaca a importância de sempre ser cauteloso ao baixar aplicativos que prometem burlar o bloqueio do WhatsApp, “muitas aplicativos não oficiais são desenvolvidos para atender uma série de necessidades não cobertas pelos oficiais. No sistema Android frequentemente são encontrados muitos desses aplicativos e inclusive personalizações do sistema operativo que dão ao usuário um maior controle do dispositivo. Isso é bom se você sabe como utilizá-lo e os riscos que implica”.

Caso você resolva utilizar um aplicativo não oficial (o que não é indicado), tenha em conta alguns pontos:

  • O download deve ser feito por meio de um site de confiança, como na página web do desenvolvedor ou em um mercado de aplicativos que tenham publicado avaliação de malware.
  • Tenha certeza de que as permissões não sejam excessivas para não correr o risco de compartilhar suas informações de forma excessiva. Os usuários do Android com terminais “rooteados” podem inclusive escolher quais permissões desejam conceder ou negar para os aplicativos, sendo esta uma grande vantagem.
  • Contar com uma solução de segurança que seja capaz de detectar ameaças escondidas (e aparentemente inofensivas) no aplicativo.

Confira também outras dicas da ESET sobre como usar o WhatsApp de forma mais segura no dia a dia.

 

Imagem: ©WhatsApp/iOS/Flickr

Autor: Francisco de Assis Camurça, da ESET

Discussão