Microsoft soluciona grave vulnerabilidade no Internet Explorer

Microsoft soluciona grave vulnerabilidade no Internet Explorer

A vulnerabilidade foi tão grave que a Microsoft se viu obrigada a antecipar o lançamento do pacote de correção que soluciona esta e outras quatro vulnerabilidades encontradas em seu navegador. Já falamos desta grave vulnerabilidade na semana passada em nosso blog. O pacote de correção, MS12-063, está disponível desde a última sexta, e é altamente

A vulnerabilidade foi tão grave que a Microsoft se viu obrigada a antecipar o lançamento do pacote de correção que soluciona esta e outras quatro vulnerabilidades encontradas em seu navegador. Já falamos desta grave vulnerabilidade na semana passada em nosso blog. O pacote de correção, MS12-063, está disponível desde a última sexta, e é altamente

A vulnerabilidade foi tão grave que a Microsoft se viu obrigada a antecipar o lançamento do pacote de correção que soluciona esta e outras quatro vulnerabilidades encontradas em seu navegador. Já falamos desta grave vulnerabilidade na semana passada em nosso blog. O pacote de correção, MS12-063, está disponível desde a última sexta, e é altamente recomendável que todos os usuários de Internet Explorer 9 ou versões anteriores façam a instalação. A atualização pode ser concluída utilizando o Windows Update ou através de download manual.

Algumas de suas opções são o armazenamento de atualizações, a otimização do uso de largura de banda, a desinstalação das atualizações, a construção de relatórios e as atualizações controladas por tempo, dentre outras. Além disso, podemos gerenciar as atualizações com base na prioridade, de forma que as mais importantes são feitas de forma separada às recomendadas ou opcionais. Igualmente, permite levar um controle sobre equipamentos particulares, permitindo gerenciar diferentes políticas de atualizações com base na função de cada grupo.

Recomendamos a todos os usuários que atualizem seu sistema e implementem o último pacote de segurança para evitar serem atacados por cibercriminosos. Temos que lembrar que o Conficker, o conhecido worm que tira proveito de problemas de segurança já corrigidos no Windows há bastante tempo ainda causa grandes danos, principalmente a empresas, e continua sendo disseminado.

Yolanda Ruiz Hervás
Diretora de Marketing – ESET Espanha

Discussão