Proteja seu Facebook de buscas de informação pessoal

Proteja seu Facebook de buscas de informação pessoal

A segurança da informação é um assunto que tem dado origem a vários estudos e análises nos últimos tempos, graças ao crescimento das tecnologias da informação, impulsionando a massificação de seu uso. Nesse cenário, o uso incorreto das informações pessoais nas redes sociais é uma das causas de situações perigosas para os usuários. Na América

A segurança da informação é um assunto que tem dado origem a vários estudos e análises nos últimos tempos, graças ao crescimento das tecnologias da informação, impulsionando a massificação de seu uso. Nesse cenário, o uso incorreto das informações pessoais nas redes sociais é uma das causas de situações perigosas para os usuários. Na América

A segurança da informação é um assunto que tem dado origem a vários estudos e análises nos últimos tempos, graças ao crescimento das tecnologias da informação, impulsionando a massificação de seu uso. Nesse cenário, o uso incorreto das informações pessoais nas redes sociais é uma das causas de situações perigosas para os usuários.

Na América Latina, o Facebook é a rede social com maior número de usuários, segundo a última pesquisa 2012 Mobile Future in Focus da Comscore, indicando 84% de penetração regional. O Facebook lidera em quantidade de usuários e média de tempo de visitação (1 de cada 4 minutos gastos na Internet por usuários latino-americanos pertencem à rede).  Além disso, desde 2010 o site está na liderança de 6 novos mercados, que compreendem Ásia, América Latina e Europa. A grande quantidade de usuários na rede social significa obviamente uma quantidade gigantesca de informações pessoais, a qual, no caso de ser mal administrada, pode ser exposta para que seja consultada e analisada muito facilmente por qualquer usuário no mundo, sem que esteja registrado no Facebook  e sem ter permissões especiais sobre a base de dados da rede social. Então, como alguém pode coletar informação de perfis do Facebook?

O Facebook é uma rede social que gira ao redor do conceito de gráfico social, ou seja, descreve as pessoas e todas as conexões com as coisas que são de sua importância. Para manipular todo esse grande agrupamento de relações, o Facebook tem um aplicativo que qualquer um pode utilizar para acessar informações que os usuários tenham registrado como pública, a partir de qualquer navegador, de forma simples e consistente.

Essas buscas podem ser feitas filtrando por nomes de pessoas, cidades, por alguma palavra que o usuário ponha em seu status, por alguma característica de um evento criado… Ou seja, pode ser tão refinada ou generalizada quanto o usuário queira, simplesmente combinando os diferentes tipos de parâmetros. Por exemplo, utilizando a combinação apropriada de comandos é muito fácil saber quem atualizou em seu mural do Facebook comentando que está saindo de férias:

A imagem anterior é um fragmento da lista gerada pela consulta, onde podemos observar, dentre outras características, que alguém saiu de férias por alguns dias, o lugar que esteve nas férias, que a informação foi enviada a partir de um dispositivo móvel, quando foi atualizada a informação, e muitos mais detalhes que poderiam facilitar aos criminosos fazer seu trabalho.  É importante destacar que toda essa informação se consegue de forma legal, já que os próprios usuários do Facebook autorizam que suas informações tomem caráter público.

Por isso é importante lembrar dois conselhos muito simples que aumentam o nível de segurança das informações pessoais no Facebook, e em geral em qualquer rede social:

  1. Não compartilhe informações desnecessárias: por exemplo, não publique dados que possam gerar riscos para sua integridade pessoal ao divulgar detalhes de suas atividades diárias.
  2. Configure seu perfil: ou seja, configure que informações seus amigos podem ver e que informações qualquer pessoa pode ver. Geralmente, por padrão, a configuração da rede social é para que todas as informações sejam públicas. O mais recomendável é  que toda a informação esteja em caráter privado, e à medida que seja atualizada, o usuário autorize quem pode acessá-la.

Outros conselhos podem ser encontrados no Guia de Segurança em Redes Sociais, e podem ser úteis ao usuário para estar protegido e contar com um ambiente seguro ao utilizá-las.

H. Camilo Gutiérrez Amaya
Especialista de Awareness & Research

Discussão