Privacidade e reputação online

Privacidade e reputação online

No dia 28 de janeiro, celebramos o Dia da proteção dos dados, ou DPD (Data Privacy Day). O objetivo desta data é a conscientização dos usuários no que diz respeito aos seus hábitos de navegação e a privacidade de suas informações. A Microsoft realizou um relatório detalhado sobre a importância da privacidade e a proteção

No dia 28 de janeiro, celebramos o Dia da proteção dos dados, ou DPD (Data Privacy Day). O objetivo desta data é a conscientização dos usuários no que diz respeito aos seus hábitos de navegação e a privacidade de suas informações. A Microsoft realizou um relatório detalhado sobre a importância da privacidade e a proteção

No dia 28 de janeiro, celebramos o Dia da proteção dos dados, ou DPD (Data Privacy Day). O objetivo desta data é a conscientização dos usuários no que diz respeito aos seus hábitos de navegação e a privacidade de suas informações. A Microsoft realizou um relatório detalhado sobre a importância da privacidade e a proteção dos dados online, no que diz respeito aos usuários, organizações e entidades governamentais. Vejamos a importância de gerir nossa presença online, assim como as consequências e benefícios das ações dos usuários.

Um dos dados mais relevantes que o relatório traz é o que diz que somente 44% dos adultos e menores de idade (entre oito e 17 anos) pensam sobre as consequências em longo prazo que suas atividades online podem causar em sua reputação. É necessário ter em mente que atividades negativas online podem ser consideradas após uma entrevista de emprego, ou ao solicitar empréstimo a um banco. Contudo, esse valor cai em 38% no que diz respeito a afetar a reputação de outra pessoa com suas atividades em longo prazo.

Por outro lado, 14% das pessoas que responderam à pesquisa foram afetados pelos comentários de outras pessoas na rede. Entre as consequências relatadas, duas de cada dez pessoas que tiveram problemas perderam seu emprego e 16% perderam uma oportunidade de novo emprego. Outros problemas comentados foram o cancelamento de convênio médico e a impossibilidade de obter crédito bancário ou hipoteca.

No momento de publicar na Internet algum tipo de conteúdo ou informação, seja pessoal ou sobre outra pessoa, é necessário ter consciência do impacto que isso poderia chegar a ter na vida real e dentro de quanto tempo. Há informações que a pessoa deseja estar disponível para todo mundo, outros dados que somente se deseja compartilhar com pessoas mais íntimas e outras coisas que não queremos que ninguém tenha acesso. Para os que desejam revisar suas práticas, recomendo que leiam nosso Guia de Segurança nas Redes Sociais.

A privacidade e a segurança online são dois temas que os usuários devem tomar em consideração ao acessar as redes sociais, fóruns e páginas da Internet – principalmente ao publicar conteúdo que possa prejudicar sua imagem ou a de outras pessoas. Mesmo que o estudo tenha sido realizado na Alemanha, Canadá, Espanha, Estados Unidos e Irlanda, os resultados se refletem aos usuários do mundo todo. É recomendável revisar periodicamente suas políticas de privacidade e o conteúdo que se pode encontrar sobre si mesmo na Internet, para evitar qualquer tipo de prejuízo.

Pablo Ramos
Especialista de Awareness & Research

Discussão